Percorrer Categoria

Casa

Arquitetura & Decoração

Casacor rs 2017!

     A maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo da América Latina, CASACOR, como já mencionado anteriormente no Blog, agrega anualmente consagrados arquitetos, designers de interiores e paisagistas, trazendo seus trabalhos com as principais tendências, padrões únicos e originais, sendo um mimo de exclusividade aos amantes dessa arte. A CASACOR Rio Grande do Sul chegou a 26º edição com Valdecir Santos, Vera e Karina Capa verde no comando. Esse ano contou com 44 ambientes reinados pelo ecletismo.

Dentre eles, um ambiente que chamou a atenção dos visitantes pela inovação e uso de elementos práticos e funcionais, foi o espaço Love Store, projeto das Arquitetas Juliana Damasio, Ane Lopes, e da Engenheira Ambiental Alice Guedes, com uma arquitetura mais tecnológica e impactante, um hall high-tech, composto por painéis de espelhos negros com palavras retro Iluminadas, onde nos convidavam para questões do nosso mundo atual. Um pedido perceptual a reflexão, com sons marcantes e expressões fortes, nos levavam a pensar: O que estamos fazendo pelo mundo?
1

Com um conceito minimalista, o ambiente comercial interativo, foi focado no amor e linkado ao trabalho voluntário, ponto forte do ambiente. O espaço principal contou com uma parede coberta com MUSGO ESCANDINAVO, uma referência a natureza e novidade desse ano, que é 100% natural, não precisa ser regado nem podado, e se mantem com a umidade do ar, tendo durabilidade entre 8 e 10 anos, uma grande aposta. Contou ainda com um sofá modular, nos trazendo a ideia de sustentabilidade, podendo ser usado com propostas diferentes em vários cenários. 6A frente um painel interativo onde as mensagens e fotos enviadas nas redes sociais estavam sendo apresentadas com a #lovestorecasacor, emoldurado com sancas iluminadas que passavam por todo o ambiente, possível esmaecer, como teto, parede e piso, causando uma imagem futurística. Como o propósito do projeto era compartilhar amor, estavam sendo representadas 5 ONGs através de tablets, onde as pessoas tinham acesso a vídeos e a história de cada uma, podendo assim se engajar com elas. As ONGs escolhidas foram: Aldeia da fraternidade (http://www.aldeiadafraternidade.org.br/site/index.html), Patas Dadas (http://www.patasdadas.com.br), Associação Beneficiente Santa Zita de Lucca (http://www.santazitadelucca.com) , Toda Vida (https://www.facebook.com/MEIOAMBIENTETODAVIDA/?fref=mentions), e Vida Urgente (http://www.vidaurgente.org.br/site/).

7Na saída apresentou um mural parede/teto com a mensagem: TENTE FAZER DO MUNDO UM LUGAR MELHOR, onde também poderíamos colocar bilhetes com mensagens positivas, além de um quadro em formato de L, feito pela artista plástica Vanessa Andréia, com as cores do ambiente. 

52

O espaço fez muito sucesso no evento e foi TOP 1 no site DICASANOVA por Hellen Firmino, em relação a conceitos. 

Quer fazer um tour pelo ambiente? Acessa: http://www.casacor-rs.com.br/ab/29/

Vale a pena conferir.  

Achei muito interessante não só pelo Design Inovador mas pela ideia de reflexão sobre o que fazemos no dia a dia, sobre o que deixamos de fazer, sobre a mensagem passada a ajudar o próximo, um projeto além da arquitetura. Uma loja de amor. O que estamos fazendo pelo mundo? 

Espero que tenham gostado. 

 

8 Stephanie Gabert Franco

s.gabert@hotmail.com  55 99982-9933

 

Arquitetura & Decoração

CASACOR RS 2017!

          

             CASACOR é uma das empresas do Grupo Abril, reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne anualmente renomados arquitetos, designers de interiores e paisagistas em vinte cidades do Brasil, e em seis outros países, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e EUA (Miami).

               A CASACOR Rio Grande do Sul  foi criada em 1992, e está encerrando a sua 26ª edição. Gramado também sediou o evento, porém as maiores ações da versão gaúcha da mostra aconteceram na capital. Este ano o Petrópole Tênis Clube sedia pela segunda vez consecutiva a versão gaúcha da mostra. Os ambientes decorados estão todos dentro do tema nacional “Foco no Essencial”, mas a mostra regional traz também “O design mais próximo das pessoas” como destaque. A curadoria técnica da mostra é das arquitetas Aclaene de Melo e Gabriela Ordahy.

Outra marca da franquia é a realização da CASACOR ao mesmo tempo em vários endereços; já participaram Moinhos Shopping, Barra Shopping Sul e Hotel Laghetto, o qual até hoje mantém o décor das áreas comuns. A partir de 2016 a mostra passou a contar com os Chef’s Table, encontros de gastronomia exclusivos organizados pela Embaixada Gourmet, com a presença de chefs nacionais e internacionais.

Designers de Interiores formadas em meados deste ano pelo SENAC, e eu minhas colegas visitamos a  CASACOR pelo segundo ano consecutivo, e ficamos novamente encantadas. Eu trouxe hoje para vocês algumas fotos de nossa agradável tarde de sábado no Petrópole Tênis Clube, e de alguns ambientes que se destacaram para nós. A mostra completa pode ser acessada no site oficial da CASACOR, de onde extraí um pouco da história do evento e algumas das fotos. Deliciem-se com o bom gosto e com a criatividade dos profissionais que planejaram e executaram esses belos ambientes!

kkk

Bruna Corrêa, Jennifer Sampaio e Milena Ornelas – Designers de Interiores

kkkk

Jardim Arte e Luz – Soraia Pereira

mmmmmm

Drops de Anis – Carla Tortelli e Luana Fernandes

nnnnnn

Suíte do Bebê – Mariana Fogliato

ppppppp

Living Jovem – Paula Schwartz

aaaaaaaaaaaa

La Terraza – Janynne Meneghetti e Maria Eugênia

cccccccccccccc

Cozinha e Adega Dele – Daniel Moraes

ddddddddddd

Morada da Praia – Michel Reis Eberhart

eeeee

Onde o Jazz Encontra o Vento – Lineastudio Arquiteturas

fffff

Lavabo – Cristiane Araújo

gggggg

Street Loft – Sandro Jasnievez

hhhhh

Studio de Design – Ana Paula Weber, Marcio Moreira e Magali Montani

11111111111111

Deck Bru Tramontina – W4 Arquitetura

Arquitetura & Decoração

COR DO ANO PANTONE: GREENERY

3               Possivelmente você já tenha lido na mídia alguma referência à Pantone, em geral sobre a “Cor do Ano”. Pantone Inc. é uma empresa norte-americana com sede no estado de Nova Jersey, que no início dos anos 60 desenvolveu um sistema de cores baseada em códigos numéricos, chamado Pantone Matching System (PMS). A Escala de Cores Pantone permitiu  identificar cada cor em qualquer canto do planeta, através de uma padronização da descrição das cores. Essa inovação foi fundamental para facilitar o trabalho no campo da criação, pois antigamente os designers precisavam levar amostras de papel ou tecido para poder identificar o tom desejado. São basicamente dois os tipos de produtos desenvolvidos pela Pantone, sem contarmos os softwares e equipamentos: os leques ou escalas e as amostras destacáveis.

              A Pantone vem constantemente renovando sua paleta, trazendo contribuições para o design e a moda. No caso da moda, houve uma atualização, com o lançamento de 210 novas cores. Essas novidades têm como base seus guias já existentes e as demandas dos clientes, mas a cada ano isso pode ser modificado, com base nas tendências para o outono-inverno ou primavera-verão.

4

               Desde 2000, anualmente a Pantone lança uma cor que será considerada o diferencial para o ano seguinte, a chamada “Cor do Ano”. Esse lançamento é baseado em uma pesquisa que a Pantone faz durante meses para tentar entender o sentimento geral e as tendências nesse meio. A cor do ano de 2017 é o Greenery, um tom fresco, moderno, amarelo-esverdeado, que evoca os primeiros dias da primavera, simbolizando novos começos. Esse tom retrata a época em que a natureza começa a se renovar, trazendo novas folhagens. Conectada com a natureza, a cor traz esperança para tempos difíceis e o desejo pela revitalização.

               Nas imagens, algumas sugestões de como usar o Greenery na composição de ambientes.

Milena

Milena Moura de Ornelas.

Designer de Interiores, Assistente Social e Nerd.

Apaixonada por cores e pela vida!

Fontes (texto e imagens):

  • “Escala Pantone: Entenda como esse sistema de cores se tornou padrão”. Por Fashionlearn (https://www.fashionlearn.com.br/blog)
Arquitetura & Decoração

O que é Desing de Interiores?

1

               O design de interiores é uma evolução técnica e estética da decoração. Com os avanços tecnológicos em equipamentos, materiais e uso dos espaços, os profissionais da área foram convocados a adquirem novos conhecimentos, novas competências e habilidade técnica para projetar. Com esta nova realidade surge uma nova profissão, uma área bem mais ampla e vasta, com vários segmentos, não somente focada na estética, mas em um conjunto de elementos, tais como tamanho, ergonomia, proporção e cores, entre outros. O designer de interiores é aquele profissional que busca a melhor interação entre as pessoas e seus espaços, entendendo o uso e criando as soluções para que esta relação seja a mais harmônica possível. Esse profissional recebe em seu curso conteúdos multidisciplinares de design, arquitetura, engenharia, artes, computação gráfica, entre outras áreas. Para que tenha um bom desempenho na área, além da graduação é essencial ter conhecimentos de história da arte, psicologia ambiental e capacidade para entender os estilos compatíveis com as personalidades das pessoas.

               O profissional de design de interiores desenvolve e executa projetos voltados para áreas internas de residências, comércio, indústrias, entre outros, com elaboração de plantas, elevações e perspectivas de apresentação ao cliente. Planeja e organiza os espaços, escolhendo e combinando os diversos elementos de um ambiente. Estabelece relações estéticas e funcionais, harmoniza em um determinado espaço, móveis, objetos e acessórios, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza. Escolhe as cores, materiais, acabamentos e iluminação, utilizando tudo de acordo com o ambiente e adequando o projeto às necessidades, ao estilo e à disponibilidade financeira do cliente. Ocupa-se também de desenho do mobiliário que vai compor o espaço, especificações de produtos, estabelecimento de cronogramas e prazos, definição de orçamentos, contratação de profissionais e empresas para a execução dos trabalhos sob sua supervisão, gerenciamento de obras, entre outras atividades. Costuma trabalhar como autônomo, montando seu próprio escritório, mas pode atuar também em escritórios de arquitetura, empresas especializadas em decoração e design de interiores ou, ainda, como consultor em lojas de móveis.

               2

               O trabalho de um designer de interiores pode ser dividido em duas etapas principais, planejamento e execução. O projeto é o conceito e a sua representação técnica; refere-se às ideias e soluções baseadas nas necessidades específicas de cada cliente. É representado por croquis, plantas, memoriais, referências, esquemas, projetos 2D e 3D, etc.  O gerenciamento, acompanhamento ou execução da obra é a parte onde o que foi projetado se torna real. Envolve etapas como escolha de fornecedores, tomada de orçamentos, visitas à obra, escolha de amostras, controle do cronograma, visitas às lojas de mobiliários, entre outras tarefas, chegando à produção final. É a parte mais humana do processo, onde a equipe precisa interagir e controlar todas as etapas, dando respostas rápidas para as dúvidas e situações de obra. Essa etapa é tão importante quanto a etapa de projetar, pois é cuidar para que o projetado seja bem feito, dentro de um prazo e de uma verba aprovada.

Milena

Milena Moura de Ornelas.

Designer de Interiores, Assistente Social e Nerd.

Apaixonada por cores e pela vida!

Fontes:

  • Design de Interiores – Dúvidas Frequentes. Por Laerte Galesso. In ABRA Escola de Arte + Design (http://www.abra.com.br)

Imagens: Google

Ambiente

Você pode juntar caixas tetra pak e fazer o bem!

1

                A proposta do projeto é revestir moradias de madeira com caixas Tetra Pak e, com isso, fornecer melhores condições de habitação e um melhor conforto térmico para as famílias. São utilizadas essas caixinhas porque elas são compostas por camadas de papel, plástico e alumínio, garantindo durabilidade e um bom isolamento térmico. O processo para a utilização ocorre nas seguintes etapas: corte correto, limpeza, montagem das chapas e aplicação na residência. A higienização prévia das caixas facilita o trabalho da ONG e evita o mau cheiro, mas não é necessário outro tratamento além de limpá-las com água e sabão. Após a limpeza, as caixas são unidas com a ajuda de um grampeador, formando uma chapa, com todas as caixas no mesmo sentido, para que a água escorra sem entrar na casa. Por fim, as chapas são grampeadas por toda a superfície interna da parede.
Camila
Camila Glienke Rebelato
Acadêmica de Engenharia Química – UFSM
Diretora Geral – Engenheiros Sem Fronteiras Núcleo Santa Maria
2
               As Mulheres Donas de Si já fizeram a primeira entrega e basta você fazer a sua na Antiga Reitoria da UFSM na Rua Floriano Peixoto (em frente ao Colégio Santa Maria). Elas são depositadas no hall de entrada do prédio. Simples assim! Quando você for ao centro, habitue-se a depositar suas caixas Tetra Pak. Torne essa ação uma rotina na sua vida!
Arquitetura & Decoração, Casa

Alerta de tendência: pergolados

 Tendência no paisagismo, os pergolados são capazes de tornar qualquer jardim muito mais charmoso. Ele é montado como um estande, e voltado para a parte de fora da residência ou salão de festas, sendo uma extensão destes. Pode ser feito em diferentes materiais, desde o concreto, alumínio, bambu e o mais tradicional de madeira. Na sua construção, é importante atentar para o travamento entre as vigas, para que a luz passe por entre elas sem perder a sustentação necessária.

imagem-1

O pergolado de madeira é o mais utilizado, dando um ar mais rústico e sendo uma ótima combinação para folhagens, flores e outras plantas. Pode ser colocado em jardins, no hall de entrada, próximo à garagem ou à área de churrasqueira e piscina. Os modelos podem ser vazados, mas a inclusão do vidro em cima os torna mais funcionais para todas as estações do ano.

madeira + vidro 2Para os vazados, a melhor opção são trepadeiras que, conforme crescem, vão emoldurando o pergolado. Se optar por outras plantas, atente-se para escolher aquelas que se encaixam para essa função, ocupando um amplo espaço.

ferro 3

Fora os de madeira, há outras opções que também combinam com o ambiente externo e se adaptam a ele, como o concreto e o alumínio. Ambos são mais modernos e utilizados para estruturas mais pesadas, como a cobertura de garagens ou áreas de convivência maiores. Mas, é possível dar mais leveza ao ferro utilizando dimensões menores e cobrindo-as completamente com as trepadeiras.

imagem-2O importante é sempre adequar o material ao tamanho da estrutura que você deseja e ao toque que você deseja acrescentar ao paisagismo: mais rústico, mais moderno, mais romântico… Confira exemplos de todas essas opções:

imagem-3

https://www.facebook.com/tamiriszappearquitetura/

Tamiris Zappe Arquitetura

Rua Acadêmico Rigoberto Duarte, nº 265, 97060-030 Santa Maria, Brazil