Percorrer Categoria

Ambiente

mesa-de-centro-baixa-quadrada
Ambiente, Arquitetura & Decoração, Casa

Prática, funcional e estilosa: saiba como escolher a mesa de centro para sua sala

As mesas de centro são peças-chave na decoração da sala, mas é preciso levar em conta alguns detalhes para escolher o modelo ideal.

Os móveis de apoio podem não ser os protagonistas em um projeto de design de interiores, mas são eles que garantem a funcionalidade dos ambientes. A mesa de centro é um desses exemplos versáteis que, além de complementar a decoração, ainda ajuda a delimitar o espaço. Na hora de receber convidados em sua casa, o móvel garante conforto e praticidade.

Ela pode estar presente nos livings, home ou sala de estar, e deve seguir o mesmo estilo de decoração dos outros móveis que dividem o mesmo espaço. A escolha dos materiais, como madeira, vidro, espelho, inox e acrílico é que vai dar identidade à peça, mas para definir o modelo de mesa de centro ideal, é preciso levar em conta alguns aspectos do ambiente.

multfotos-056

Uma mesa de centro para cada tamanho de sala

As mesas de centro são bastante versáteis, desde que não atrapalhem a circulação. Para evitar que o móvel ocupe mais espaço do que o ideal e facilitar sua utilização, é importante levar em conta o tamanho da sala antes de escolher o modelo. Por isso, a mesa de centro deve respeitar um espaço mínimo de 30 cm a 40 cm entre os outros móveis.

Mesa-de-centro-para-sala-de-estar

A metragem e disposição dos ambientes também influenciam no formato da mesa de centro. As salas mais compridas e estreitas, pedem peças retangulares ou ovais para manter a proporção.

Escolha a altura da mesa com cuidado

Em relação à altura, a tendência na decoração são as mesas de centro mais baixas, quase rentes ao chão, mas isso não é uma regra. A escolha do modelo deve seguir o gosto pessoal do morador, lembrando que, para manter a proporção, as mesas de centro não devem ultrapassar a altura dos assentos de sofás e poltronas.

A decoração das mesas de centro compõe o ambiente

Apesar de ser um móvel auxiliar, a mesa de centro pode ganhar destaque quando bem decorada. Para escolher as peças, leve em conta a altura da mesa. Objetos muito compridos não são indicados para ficarem sobre o móvel, e é preciso ficar atento à proporção da composição. Cristais de Murano com arranjos baixos, caixas e livros decorativos são as peças mais usadas para compor as mesas de centro.

mesa-de-centro-baixa-quadrada

Analise bem a sua sala e leve em conta estas dicas para que a sua mesa de centro se encaixe ao ambiente garantindo funcionalidade e beleza..

Post publicado originalmente no site da arquiteta Karin Moraes.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Closet no padrão Linho e Lassen.
Ambiente, Arquitetura & Decoração, Casa

O closet dos sonhos

Closets ou salas de vestir, independente da nomenclatura que utilizarmos, este ambiente é dedicado ao armazenamento de roupas. Foi se o tempo em que eles só estavam presentes em apartamentos e casas luxuosas, hoje, eles aparecem em projetos de residências bem menores e são super funcionais para o nosso dia a dia, exigindo somente uma boa dose de planejamento.

Não há um padrão de tamanho especifico para desenvolver seu projeto. O importante é garantir uma boa de área de circulação e aproveitar o restante com móveis planejados, priorizando espaços para cabides, roupas dobradas, acessórios e sapatos, permitindo a visualização de todos os objetos utilizados na rotina diária e facilitando assim o seu acesso.

É muito relevante quantificar as peças que temos em casa, assim, saberemos a nossa real necessidade de espaço.

Uma boa iluminação também é ponto forte no projeto deste ambiente, pois, a luz adequada permite uma melhor visualização das cores. Trilhos de iluminação, luminárias pontuais, fitas de LED e até mesmo cabideiros com iluminação estão disponíveis no mercado e podem ser incluídos no projeto.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Closet no padrão Linho e Lassen.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Closet no padrão Linho e Lassen.

Outro fator importante para a conservação do que está no closet e os móveis é uma boa ventilação. Há várias maneiras de projetarmos essa ventilação; o mais tradicional é uma janela, caso não haja espaço, é possível projetar uma ventilação forçada que combata a umidade e a formação do mofo.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Closet no padrão Lassen.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Closet no padrão Lassen.

Os espelhos são protagonistas na hora de idealizar o projeto do closet, além de darem a sensação de amplitude, eles também são funcionais e se tornam práticos, principalmente quando se tem a oportunidade de aplicar um de corpo inteiro.

No meio de tantas especificações, segue mais algumas dicas rápidas:

  • Divisórias e colmeias para gavetas facilitam a organização das peças íntimas e acessórios.
Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – divisória em acrílico.

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – divisória em acrílico.

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – portas joias.

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – porta-joias.

  • Sapateiras aramadas deslizantes facilitam a organização dos sapatos e, também, o acesso dos itens dispostos nas partes inferiores dos armários.
Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – sapateira aramada.

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – sapateira aramada.

 

  • Portas de correr ou até mesmo a eliminação das mesmas para espaços pequenos e com pouca circulação são ideais.
  • Os armários devem possuir 60 cm de profundidade na parte aonde irão os cabides. Para gavetas, prateleiras e nichos a profundidade pode ser menor, sendo aproximadamente 45 cm.

 

Inspire-se nas fotos da Casa 10 Ambientes Santa Maria e conheça algumas soluções para closets:

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – closet.

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – closet.

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – closet

Fonte: arquivo Casa 10 Ambientes – closet

closet-dos-sonhos-08Débora Spohr
Arquiteta e Urbanista – Cau nº 71739-8
Sócia Proprietária da Casa 10 Ambientes – Santa Maria

 

 

 


Isto é um publieditorial.

Ambiente, Arquitetura & Decoração, Casa

Ambientes integrados e espaços comuns são soluções para um novo estilo de vida

Com o passar dos anos (ou décadas para ser mais abrangente), novos padrões culturais e de comportamento da sociedade, mudança na formatação das famílias, evoluções tecnológicas que oferecem novas alternativas de eletrodomésticos, aparelhos eletrônicos, técnicas construtivas e novos materiais determinam novas tendências e padrões de arquitetura, construção e decoração.

Nos últimos 30 ou 40 anos, as famílias diminuíram. Se nas décadas de 70 e 80 era normal casais terem pelo menos três filhos, hoje o padrão é um filho ou no máximo dois, ou mesmo casais sem filhos. Essa mudança cultural aliada ao aumento da população, espaços cada vez mais exíguos para construção e custos de construção cada vez maiores fizeram com que as residências sofressem uma grande modificação, principalmente no tamanho.

Os apartamentos continuam sendo projetados para famílias, mas hoje é possível prever alguma formatação básica nos grupos familiares? Principalmente nas grandes metrópoles, os espaços podem ser ocupados por uma família tradicional com dois filhos, casais sem filhos, uma pessoa solteira, uma dupla de amigas ou amigos, um casal com um bebê, uma pessoa mais velha morando sozinha, pessoas que trabalham em casa. Devido a tantas variáveis, os prédios e os apartamentos são construídos de forma a permitir mudanças que se adaptem às necessidades dos moradores.

IMG_9056

Assim, o design de interiores já não tem apenas a função de decorar os ambientes, mas também de planejar soluções para torná-lo funcional e facilitar a vida das pessoas. Se o tamanho dos apartamentos diminuiu, apareceram soluções e tendências na arquitetura e design de interiores para permitir novas experiências aos moradores.

Com espaços menores, uma dessas tendências é a integração de ambientes

Se até alguns anos atrás os imóveis residenciais eram planejados com a divisão e denominação dos ambientes (sala de estar, sala de jantar, cozinha, sala de TV ou som e ainda o home office), atualmente esses espaços se interligaram de forma a criar maior convívio entre os moradores e também das pessoas com o lar como um todo.

Ambientes integrados

A vida agitada das grandes cidades exige medidas que facilitem o dia-a-dia, por isso, ao integrar cômodos, o primeiro item que deve ser pensado é o conforto e a praticidade.

Com os apartamentos cada vez menores, derrubar paredes é uma solução infalível para ganhar espaço para circulação e convivência e uma sensação de amplitude em casa. Combinações como home office na sala, cozinha integrada com sala de jantar e até banheiro com closet são soluções que proporcionam um novo estilo de vida mais dinâmico às pessoas, mas que ao mesmo tempo conferem mais tempo e condições de relaxamento.

Mas para aqueles que ainda preferem uma divisão mínima desses espaços integrados, existem alguns elementos que proporcionam essa diferenciação e dão sensação de privacidade, como portas de correr, painéis de vidro, móveis, estantes vazadas, bancadas e meias paredes. Até mesmo um simples tapete ou uma cor ou textura diferente nas paredes podem demarcar bem a função de diferentes ambientes.

Post publicado originalmente no site da arquiteta Karin Moraes.

Ambiente, Arquitetura & Decoração, Casa

Escolhas Casa 10 para 2016

O ano novo já chegou e para criar um projeto de mobiliário ou mesmo inspirar mudanças no nosso ambiente procurarmos tendências para dar um UP na nossa decoração.

Pensando nisso separamos as apostas da Casa 10 Ambientes para o ano de 2016:

Cores

Não é novidade que as cores devem transmitir conforto visual ao ambiente e devem estar sempre harmonizadas entre si e com outros materiais. Porém o uso delas depende muito do estilo de cada cliente, mas em 2016 a paleta é amena e sofisticada, baseada em tons suaves e pastéis.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cozinha padrão Savana e vidro Safira

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cozinha padrão Savana e vidro Safira

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cozinha padrão Murano e Lacca Fumê

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cozinha padrão Murano e Lacca Fumê

Os matizes de cores puras aparecem nos detalhes, contrastando com os tons neutros e assim formando propostas inusitadas.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cozinha padrão Coll e Vidro Amarelo

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cozinha padrão Coll e Vidro Amarelo

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Banheiro padrão linho e Vidro Berinjela

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Banheiro padrão linho e Vidro Berinjela

Pé Palito

Os móveis com pé palito são tão desejados e viraram queridinhos da temporada, assim como eram por volta dos anos 50, quando eles surgiram. Com um toque retrô eles voltaram com tudo na decoração de interiores.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Criado mudo com pé palito

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Criado mudo com pé palito

Acessórios

Os acessórios para móveis são desenvolvidos para dar mais praticidade ao nosso dia a dia e podem ser encontrados em diferentes linhas.

Para dormitórios e closets, os acessórios encontrados vão desde gavetas com sistema de amortecimento até cabideiros com iluminação, porta joias em couro, divisores em acrílico, sapateiras e prateleiras deslizantes.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Divisores de acrílico para gaveta

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Divisores de acrílico para gaveta

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cabideiro com Iluminação de LED

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Cabideiro com Iluminação de LED

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Porta Joias em couro

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Porta Joias em couro

 

Já para os ambientes como cozinhas, os acessórios mais queridinhos são as gavetas metálicas com organizadores de temperos, mantimentos e talheres. Os armários da cozinha também ganham iluminação interna e acessórios de amortecimento nas portas e gavetas, proporcionando requinte e funcionalidade ao móvel.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Orga de Luxe para temperos

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Orga de Luxe para temperos

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Divisor de talheres versatile com iluminação de LED.

Fonte: Arquivo Casa 10 Ambientes – Divisor de talheres versatile com iluminação de LED.

Débora Spohr – Arquiteta e Urbanista
Proprietária da Casa 10 Ambientes Santa Maria

 

Isto é um publieditorial.

multfotos-075
Ambiente, Arquitetura & Decoração, Casa

Espaço de churrasqueira moderno

Criar um espaço de churrasqueira é com um conceito moderno, funcional e inovador sem se abster do aconchego. Essa foi a intenção do escritório ao idealizar este projeto. A churrasqueira toda de aço inox com uma bancada de apoio em mármore branco, e uma bancada de madeira incrustada com pedras preciosas aliada a móveis planejados pretos, eletrodomésticos em aço inox, sugere a criação de um ambiente completo e diferenciado para uma churrasqueira com um alto conceito tecnológico. Para prosseguir com este conceito, criamos um ambiente complementar de estar com o intuito de assistir à um bom jogo de futebol ou a um DVD, enquanto o gourmet prepara um bom assado. Ousamos na iluminação cênica automatizando todo o ambiente. Ler mais