Percorrer Categoria

Viagens

Viagens

Cidades Históricas de Minas Gerais: você precisa conhecer!

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.32 (1)

Acabei de voltar de um roteiro que há muito tinha vontade de fazer: as cidades históricas de Minas Gerais. Foram 7 dias curtindo muita mineirice, seja na arquitetura, na comida, no jeito de ser ou no papo sempre agradável dos mineiros. Ah, a viagem foi a dois.

O voo saiu de Porto Alegre por volta das 5h40min da manhã e às 9h30min chegamos em Confins, cidade metropolitana de Belo Horizonte. Por volta de 11h30min, já tinha alugado o carro e saia, na BR-040, rumo a Tiradentes.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.32 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.33

No dia seguinte, pela manhã, fomos visitar São João Del Rey, mas nos perdemos na história de Tancredo Neves, contada em detalhes no Memorial que leva seu nome e mantido pela família. No fim da visita, mais de uma hora de prosa com sobrinha dele, que cuida da lojinha. Resultado: precisamos retornar no sábado para visitar os demais pontos turísticos da cidade.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.33 (1) WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.34

Seguimos para Bichinho, um distrito de Tiradentes, conhecido pelo excelente Tempero da Ângela (restaurante) e pelo bonito artesanato. Terminamos o dia em Tiradentes, prestigiando diversas atividades culturais organizadas pelo SESC, especialmente um concerto de órgão na Igreja Santo Antonio. Inesquecível!

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.34 (1)

No terceiro dia, voltamos para São João Del Rey (cerca de 15 km de Tiradentes) e fomos direto à Igreja São Francisco de Assis. Lá contratamos um guia que seguiu conosco pelas ruas do Centro Histórico. Esta igreja é considerada uma das mais ricas em ouro do País. É ali, também, que Tancredo Neves está sepultado.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.35

Depois, visitamos a Igreja de Nossa Senhora do Carmo (foto) e a Catedral de Nossa Senhora do Pilar, ambas no Centro Histórico.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.36

Pegamos a estrada rumo a Ouro Preto. No caminho, provamos o delicioso rocambole de Lagoa Dourada e visitamos os Profetas de Aleijadinho, em Congonhas. Chegamos no final da tarde no nosso destino.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.37 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.37 (1)

Nosso hotel ficava dentro do Centro Histórico, cerca de 200m da Praça Tiradentes, a principal. A questão é que o morro é íngreme demais para se chegar lá. Mas a vista da cidade compensa todo o esforço.

Contratamos um citytour por Ouro Preto para o domingo, porque eu me neguei a dirigir por aquelas ladeiras. Além de as ruas serem estreitas, existe um código de trânsito não escrito entre os moradores. Preferi não arriscar.

Visitamos várias igrejas das 23 existentes. Dentre elas, a Capela do Padre Faria (foto). E depois, na Mina do Jeje, onde pudemos conhecer como era a extração do ouro.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.38 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.39

Na segunda-feira, quase tudo fecha em Ouro Preto. São poucas as atrações que podem ser visitadas. Decidimos contratar uma fotógrafa, a Ane Souz, que nos acompanhou durante o dia inteiro, e fizemos fotos turistonas nos pontos de Ouro Preto e outras nem tanto. Fomos até para o interior, em Lavras Novas, para andar a cavalo. Sim, amamos a natureza e descobrimos que na Serra de Buieié existem várias cachoeiras. Motivos para voltar, não é mesmo? O cachorro fofo da foto é o Bacco. Ele tem até facebook!

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.39 (1) WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.40 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.40 (1) WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.43 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.43 (1) WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.44 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.44 (1) WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.45 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.46 (1)

Na terça-feira, fizemos um citytour incluindo Mariana e a Mina de Passagem, a maior mina de ouro aberta por explosão controlada, que fica entre Ouro Preto e Mariana. Ela já foi a maior mina de ouro em funcionamento, atualmente é explorada apenas turisticamente, sendo possível mergulhar em seu interior  (apenas quem faz mergulho e tem o curso de mergulho em cavernas – uma especialidade do mergulho avançado, que se chama Advanced Open Water Diver – pode se aventurar nessas águas cristalinas e geladas. Por fim, visitamos, também, o Museu Casa dos Inconfidentes.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.41

Esse Pelourinho fica na praça de Mariana. Aqui os escravos eram ‘exemplados’ publicamente, uma parte triste da nossa história, cujas marcas são muito visíveis naquela região.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.41 (1) WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.42 WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.42 (1)

De Ouro Preto, no dia seguinte, partimos para Belo Horizonte, para encerrar o passseio. Esse roteiro pode ser cumprido em 5 dias. E não é absurdamente caro. Ademais, vários recortes da história brasileira ocorreram em Ouro Preto: lá se aprende sobre a história política, econômica, artística (Aleijadinho, por exemplo) e literária (quem não se lembra de Marília de Dirceu, de Tomás Antonio Gonzaga?) do Brasil.

WhatsApp Image 2017-10-04 at 23.10.38 (1)

E a comida? Nem vou entrar nesse detalhe… mas aquele queijo com goiabada é a perfeição…

 

E aí, já está buscando as passagens? Corre porque tem muito para se fazer por lá!

 

Até a próxima!andrea-barros-particular2

Viagens

Top 5 em Florença/Itália

1639 - Duomo de Florença - Santa Maria dei Fiori

Florença (ou Firenze) é a capital da Toscana e o berço do renascimento italiano. É considerada uma das mais belas cidades do mundo e caminhar a esmo por suas ruas é um espetáculo à parte. Separei 5 atrações imperdíveis por lá (mas tem muito mais).

Duomo

A Catedral de Santa Maria del Fiore é o “Duomo” de Florença e está localizada na praça homônima. Sua cúpula é famosa pela pintura que possui, de autoria de  Brunelleschi, um importante arquiteto. Foi construída em 1296 e inaugurada em 1436. É possível subir até a cúpula mediante o pagamento de ingresso. O acesso à igreja é gratuito.1653 - Duomo de Florença - Santa Maria dei Fiori - Cúpula de Brunelleschi

Ponte Vecchio

A Ponte Vecchio é uma ponte em arco medieval sobre o Rio Arno. Foi  inaugurada em 1345. Atualmente possui várias joalherias. Mas sua história comercial remonta à época do Império Romano, quando pequenos comerciantes ali se estabeleciam para a prática comercial, desde que autorizados pelo bargello, a autoridade municipal da época.

1707 - Ponte Vecchio - Florença

Piazzalle Michelangelo

O lugar perfeito para uma vista inesquecível de Florença. Vale subir até lá para apreciar o por-do-sol.

1855 - Florença

Davi

Uma das obras mais perfeitas de Michelangelo pode ser apreciada bem de pertinho na Galeria della Academia. A escultura retrata o herói bíblico com um realismo anatômico impressionante. É considerada uma das mais importantes obras do Renascimento.

David_von_Michelangelo

Galeria Uffizzi

A Galleria degli Uffizi é dividida em cerca de cinquenta salas ou ambientes.Algumas delas são dedicadas aos maiores artistas do Renascimento, tais como Leonardo da Vinci e Rafael Sanzio. Também, há salas com arte clássica da Roma antiga, obras de Michelangelo, Tiziano, Durer e Rubens, além de uma grande coleção de quadros de Botticelli.
E por falar em Botticelli, talvez a sua obra mais importante, ou pelo menos um das mais, é O Nascimento de Vênus, pintada em 1485, talvez. A técnica utilizada é têmpera sobre tela e mede 172,5 cm de altura por 278,5 cm de largura. É linda e enorme.
galeria uffizi
o nascimento de venus

Se você estiver indo para Florença, reserve, pelo menos, 4 dias inteiros na cidade para desfrutá-la ao máximo. Há muito para ser feito e visitado por lá. E dá para fazer passeios bate-e-volta, como o que fizemos, de trem, para Pisa e Luca.

Quer se ambientar um pouco mais em Florença? Leia Eu, Monalisa, como sugeri aqui. Se quiser saber mais sobre nossa viagem para a Itália, clique aqui.

Até breve!

andrea-barros-particular2!

Viagens

Brasília: uma cidade encantadora!

DSC08502Eu poderia começar perguntando o que lhe vem à cabeça quando alguém menciona Brasília perto de você, mas não vou fazer isso porque não quero nem imaginar a sua resposta. Agora, falando sério: você já pensou em visitar a capital federal um dia? Se não, sugiro que você pense no assunto e aproveite um dos próximos feriados para ir para lá. Brasília é uma cidade sensacional. Estive lá há pouco mais de um mês pela terceira vez e me apaixonei de novo. Ignore todas as barbaridades que acontecem por lá, ok? E divirta-se ao máximo, porque Brasília tem uma vida cultural que abrange todas as regiões do Brasil, é o centro cultural do país, literalmente. Tem atrações para todos os gostos!A chegada em Brasília já é linda porque, conforme o lado em que você está sentado no avião, você consegueter essa visão ali de cima do plano piloto, identificando o formato de avião e o lindo Lago Paranoá. E o aeroporto, que mais parecia uma rodoviária, foi totalmente remodelado.DSC08542Este é o Palácio da Alvorada, residência oficial do Presidente da República. É possível se acompanhar a troca da guarda, também. Entretanto, em razão dos últimos acontecimentos, não foi possível, desta vez, chegar até a frente dele.

DSC08569Na Praça dos Três Poderes, encontram-se o Palácio do Planalto, local onde o Presidente da República trabalha. Também está a sede do Poder Judiciário (STF) e o Congresso Nacional. No meio, a maior bandeira brasileira hasteada permanentemente, ao lado do Panteão Nacional.

DSC08577Nessa praça há uma maquete do Plano Piloto. Brasília foi totalmente desenhada por Oscar Niemeyer e toda essa região está tombada pelo Patrimônio Nacional e pela UNESCO em razão do seu conjunto arquitetônico. Não se esqueça de se hidratar. Há meses muito secos por lá, com clima próximo ao desértico. Tenha sempre água consigo.

DSC08583A visita ao Panteão é gratuita, assim como a visita ao Palácio do Planalto, ao STF e ao Congresso Nacional. Organize-se nos horários, pesquisando nos saites oficiais.

DSC08607De cima da Pira da Pátria, é possível se vislumbrar a esplanada dos ministérios. E também o Candango, a estátua que foi erguida em homenagem àqueles que construíram a cidade. Aliás, existe aqui ao lado a vila dos construtores.

DSC08628O Eixo Monumental possui muitas atrações ainda. A Torre da TV é uma delas e de lá se tem uma belíssima visão da cidade. Tanto para o lado da Esplanada como para o do Memorial JK. Na parte de baixo, uma feirinha de artesanato muito legal, que eu tenho certeza de que você vai gostar.

DSC08650 DSC08658À noite, o chafariz é iluminado e possui música ambiente. O local é seguro, aliás, como toda essa região da cidade.

DSC08667A Catedral de Brasília é outro ponto alto da cidade. Mas não se esqueça: ela fecha às 17h, aliás como toda essa parte cívica. Você precisa se organizar para não se perder nos horários.

DSC08704 DSC08710 DSC08715O Palácio do Itamaraty é lindo de dia e de noite. Quando fui, a visitação estava suspensa em razão do encerramento do contrato com a equipe. Mas já me disseram que é uma das visitas mais legais que tem por lá. A iluminação noturna deste prédio e da Catedral são uma atração à parte.

DSC08752O Congresso Nacional abriga de um lado a Câmara dos Deputados (quem olha de frente, o lado direito) e o Senado Federal (lado esquerdo). A visitação ocorre de hora em hora e não é permitido o acesso de bermudas (nós tivemos que voltar em casa para troca de roupa).  Deixando as questões políticas de lado, a visita é interessante e possui material para crianças e adolescentes, também.

DSC08802Abaixo, o plenário do Senado Federal e a famosa bandeira feita com uma escova (tem também a Catedral e o Congresso Nacional). Na próxima foto, o plenário da Câmara dos Deputados.

DSC08843 DSC08850Outro lugar que deve ser visitado é o Memorial JK. Ali consta toda a história da Brasília. Além disso, JK está enterrado em seu interior.

DSC08863 DSC08865 DSC08876

Brasília possui excelente rede hoteleira e de restaurantes. Também, há muitos teatros e locais para shows. Sugiro que você pesquise o Clube do Choro (que fui agora nesta última ida), o Teatro Nacional (fui nas vezes anteriores), o Museu Nacional (que conheci agora também) e outros tantos lugares que possuem shows. Há excelentes shoppings, apesar de eu achar que shopping é igual em qualquer lugar do mundo e não seja este meu objetivo quando  viajo. Você pode, ainda, agendar passeio de barco pelo Lago Paranoá ou, simplesmente, desfrutar seu dia em algum dos restaurantes ou parques da cidade. Gosta de cachoeira? Também tem! Visite a do Poço Azul, que é linda e fica bem pertinho.

Como eu já disse, Brasília vai muito além daquilo que se vê na TV. Tem boa frota de táxi e uber e cabify funcionam muito bem, também. Leia mais aqui sobre esse destino tão especial.

E aí? Já emitiu a passagem?

andrea-barros-particular2 - Copia

Viagens

São Lourenço do Sul/RS: a Pérola da Lagoa

IMG_7851                Quando você pensa em ir à praia, logo vem à mente o mar e suas ondas barulhentas? E quando você pensa em descansar, você prefere ir para a Serra? Hum… Você precisa conhecer São Lourenço do Sul, aqui bem pertinho e que engloba praia e descanso. Já ouviu falar? Vem comigo que vou te mostrar um pouquinho, mas bem pouquinho mesmo, só para aguçar a sua curiosidade (ou matar a saudade, caso já conheça).

             São Lourenço do Sul é uma pequena cidade de colonização pomerana que fica no litoral sul do RS. São cerca de 60 km desde Pelotas, a terra do  doce, ou 200 km desde Porto Alegre. O acesso se dá via BR-116, em processo de duplicação.

IMG_7855               A praia é de água doce, pois está localizada à beira da Laguna dos Patos. É excelente para famílias com crianças e idosos, pois não há ondas, o que deixa o banho mais tranquilo. Ainda, possui vegetação nativa na organizada orla, sendo desnecessário levar guarda-sol. Lugar perfeito para relaxar.

IMG_7859               Nos finais de tarde, exercícios no calçadão que margeia a Lagoa, como dizem por lá. É um verdadeiro  deleite para os olhos. Prefere um chimarrão e um bom papo? Não tem problema, tem diversos bancos ao longo do caminho, para um encontro de amigos.

IMG_7860               Já sei: quer saber sobre restaurantes e hotéis? Sim, a cidade é bem servida deles. Há hotéis e pousadas para todos os gostos e bolsos. E há boas opções de restaurantes, tanto na praia como na cidade. Prefere alugar casa? Tem também. Mas se for carnaval, réveillon ou Páscoa, não deixe para a última hora, pois a cidade lota nesses eventos.

IMG_7864               São Lourenço é paz! No verão, é agito. Um local perfeito para um final de semana prolongado no inverno ou para o merecido descanso anual no verão. Tem passeios de barco com pausa para banho, tem festival nativista (o Reponte da Canção, geralmente em março), tem o MotoLagoa, tem passeio pela colônia… Tem história, tem cultura, tem diversão. Sim, uma excelente opção bem pertinho de você e com um excelente custo-benefício. Agende-se e vá conhecer a Pérola da Lagoa, a terra da noiva de preto.

IMG_7867 IMG_7870 IMG_7873 IMG_7875 andrea-barros-particular2 - Copia

Viagens

Final de Semana da Serra Gaúcha!

20170527_174559

Marlene Sager e Leila Moura

               No final de maio estivemos na Serra Gaúcha, ocasião que desfilamos com os guarda-chuvas das Mulheres Donas de Si realizando diversos contatos importantes!

20170526_211529               Na primeira noite em Gramado, fomos recebidos por amigos com um delicioso churrasco de carne de ovelha trazida de Bagé (cidade natal na anfitriã!).

20170527_171218_001

Tarde de sábado um chocolate quente e  hora de lembrancinhas para os filhotes!

20170527_190506               Ainda sábado à noite em Gramado, antes de retornar a Canela,  nos deliciamos com fundue no Restaurante El Fuego. Acompanhadas de Paulo Manfron e Anderson Ravanello.20170527_192826

Sequência de queijo.

20170527_201519

Sequência de carne.

20170527_211853

Sequência de chocolate.

20170527_191929

Tim Tim a parceria e a amizade!

Viagens

Veneza, a origem das máscaras

0296 - a primeira vista de Veneza           Pegando carona no Baile de Máscaras realizado em comemoração aos dois anos do blog, venho falar um pouquinho sobre a cidade origem das máscaras, Veneza. Quem não conhece, não imagina como a cidade é; quem conhece, via de regra, apaixona-se à primeira vista, meu caso. Os Vaporettos (uma espécie de ônibus de linha, ops… ônibus, não, barcos de linha) são o meio de transporte mais comum por lá.  A deles, tem os táxis, que são igualmente barcos.

           Veneza possui 118 ilhas e, pelo menos, 118 igrejas . Nas ilhas não há veículos, eles chegam até a Estação Santa Lucia, a principal, e devem ficar estacionados por ali. É uma cidade totalmente para pedestres. E como há pedestres nessa cidade… Mesmo estando na baixa temporada, havia muita gente por lá. Ah, mães viajantes, uma dica: é bem complicado andar com carrinhos para bebês por lá, porque são infinitas pontes e escadarias que interligam as ilhas.0357 - Ponte do Rialto - Veneza            A Ponte do Rialto é um dos pontos altos de lá. Dali a vista é incrível do Grande Canal. Impossível tirar da memória essa vista de Veneza.

0373 - Veneza 0387 - canal piccolo          Veneza foi totalmente construída nesse conjunto de ilhas que fica na Lagoa de Veneza, no Mar Adriático. São 177 canais e 400 pontes. Em 1846 foi construída a ponte férrea, ligando a parte continental de Veneza (Mestre) com o arquipélago e somente em 1933 foi construída a Ponte da Liberdade e um estacionamento para carros.  Possui a maior área europeia livre de carros e é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Aqui foi rodado o filme O Turista, com Johny Deep e Angelina Jolie.

0471 - Piazza di San Marco           Sobre o passeio de gôndolas, sim, são tradicionais e você TEM que fazer pelo menos uma vez na vida. É caro e tem que negociar diretamente com os gondoleiros longe dos pontos turísticos (paguei 60 euros para 4 pessoas, mas chegaram a me pedir 120…). Se é romântico? Não achei nada de romântico, aliás, os canais fedem no inverno, imagina no verão…  Faça o seu e tire suas próprias conclusões.

0521 - Veneza           E por falar em máscaras, existem muitas por lá, em toda a parte.  Elas foram criadas para que os nobres participassem do Carnaval sem serem reconhecidos, já que se trata de uma festa popular. Deu tão certo que hoje o Carnaval de Veneza é mundialmente famoso.

0582 - Veneza

andrea-barros-particular2-copia