Arquitetura & Decoração

O que é Desing de Interiores?

1

               O design de interiores é uma evolução técnica e estética da decoração. Com os avanços tecnológicos em equipamentos, materiais e uso dos espaços, os profissionais da área foram convocados a adquirem novos conhecimentos, novas competências e habilidade técnica para projetar. Com esta nova realidade surge uma nova profissão, uma área bem mais ampla e vasta, com vários segmentos, não somente focada na estética, mas em um conjunto de elementos, tais como tamanho, ergonomia, proporção e cores, entre outros. O designer de interiores é aquele profissional que busca a melhor interação entre as pessoas e seus espaços, entendendo o uso e criando as soluções para que esta relação seja a mais harmônica possível. Esse profissional recebe em seu curso conteúdos multidisciplinares de design, arquitetura, engenharia, artes, computação gráfica, entre outras áreas. Para que tenha um bom desempenho na área, além da graduação é essencial ter conhecimentos de história da arte, psicologia ambiental e capacidade para entender os estilos compatíveis com as personalidades das pessoas.

               O profissional de design de interiores desenvolve e executa projetos voltados para áreas internas de residências, comércio, indústrias, entre outros, com elaboração de plantas, elevações e perspectivas de apresentação ao cliente. Planeja e organiza os espaços, escolhendo e combinando os diversos elementos de um ambiente. Estabelece relações estéticas e funcionais, harmoniza em um determinado espaço, móveis, objetos e acessórios, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza. Escolhe as cores, materiais, acabamentos e iluminação, utilizando tudo de acordo com o ambiente e adequando o projeto às necessidades, ao estilo e à disponibilidade financeira do cliente. Ocupa-se também de desenho do mobiliário que vai compor o espaço, especificações de produtos, estabelecimento de cronogramas e prazos, definição de orçamentos, contratação de profissionais e empresas para a execução dos trabalhos sob sua supervisão, gerenciamento de obras, entre outras atividades. Costuma trabalhar como autônomo, montando seu próprio escritório, mas pode atuar também em escritórios de arquitetura, empresas especializadas em decoração e design de interiores ou, ainda, como consultor em lojas de móveis.

               2

               O trabalho de um designer de interiores pode ser dividido em duas etapas principais, planejamento e execução. O projeto é o conceito e a sua representação técnica; refere-se às ideias e soluções baseadas nas necessidades específicas de cada cliente. É representado por croquis, plantas, memoriais, referências, esquemas, projetos 2D e 3D, etc.  O gerenciamento, acompanhamento ou execução da obra é a parte onde o que foi projetado se torna real. Envolve etapas como escolha de fornecedores, tomada de orçamentos, visitas à obra, escolha de amostras, controle do cronograma, visitas às lojas de mobiliários, entre outras tarefas, chegando à produção final. É a parte mais humana do processo, onde a equipe precisa interagir e controlar todas as etapas, dando respostas rápidas para as dúvidas e situações de obra. Essa etapa é tão importante quanto a etapa de projetar, pois é cuidar para que o projetado seja bem feito, dentro de um prazo e de uma verba aprovada.

Milena

Milena Moura de Ornelas.

Designer de Interiores, Assistente Social e Nerd.

Apaixonada por cores e pela vida!

Fontes:

  • Design de Interiores – Dúvidas Frequentes. Por Laerte Galesso. In ABRA Escola de Arte + Design (http://www.abra.com.br)

Imagens: Google

Coluna Estefânia Adams

EDUCAÇÃO E RESPEITO VÃO ALÉM DA ETIQUETA. E FAZEM TODA A DIFERENÇA

                  foto 10               Foto: Guilherme Schorn.

               Tenho insistido aqui em alguns pontos que mais passam por etiqueta e comportamento do que por Relações Públicas, propriamente dito. Mas as observações dos últimos tempos me fazem querer abordar alguns temas bastante delicados e, desta vez, talvez polêmico. Se no post anterior falei sobre as conversas durante pronunciamentos, neste falarei sobre “comer” durante o cerimonial.

              Pouco mais de um mês atrás, durante evento em um cliente que tem muito destaque em seu segmento, fui surpreendida com a postura e comportamento de alguns poucos convidados. Na ocasião estava previsto um cerimonial seguido de serviço de coquetel. Optamos por montar um buffet na bancada do espaço, servindo de apoio ao serviço volante. No meio dos pronunciamentos, chegaram alguns convidados atrasados que se dirigiram diretamente para a bancada, começando a servir-se e conversar como se estivessem na sala de suas casas. Aguardei alguns instantes e, como não percebi nenhuma intenção dos convidados em manter silêncio e aguardar o início do serviço, me dirigi ao coordenador da equipe de garçons que estava próximo do local e pedi que arrumasse o buffet – que a estas alturas já estava totalmente remexido, pois em instantes daríamos início ao serviço de coquetel. É claro que, estrategicamente, permiti que os poucos convidados – 4, na verdade – ouvissem a minha ordem. Um deles me perguntou: – não era para comer? Ao que respondi: – é claro que sim! Vamos iniciar o serviço em breve.

            E nem isso foi o suficiente para encerrar de vez aquela situação que entendi constrangedora. Constrangedora não para mim, nem tanto para os demais convidados, mas muito mais para os protagonistas da cena.

                   Indiferentes ao meu recado, incapazes de observar que todos os presentes estavam respeitosamente ouvindo os pronunciamentos dos anfitriões, cegos ao fato de que não havia garçons circulando durante este momento (como deve ser quando há pronunciamentos), o grupinho seguiu atacando o recém recomposto buffet.

         O que quero dizer com isso é que, independente da sua vontade, existe uma ordem natural no andamento dos eventos e é fundamental respeitá-la. Mas, antes de mais nada, existem questões de educação e respeito, principalmente em ambientes compartilhados socialmente. Educação na sua forma de agir, de falar, de se conduzir, de se portar. E respeito com os outros convidados, com quem está a sua volta. Respeito com o seu anfitrião.

                 Na dúvida, pare e observe: as outras pessoas estão comendo? estão bebendo? estão conversando?

            Um beijo. E obrigada pela leitura!10

Estefânia Adams, Relações Públicas.

Logo

Eventos

Mulheres que se gostam! Construção da autoestima!

1               Dia 04 de julho aconteceu no Show Room da Todeschini Santa Maria a 1ª Edição do “Mulheres que se gostam”, promovido pelas Mulheres Donas de Si em parceria com a loja anfitriã.

1a               Nós, as blogueiras responsáveis pelo encontro, estávamos muito felizes com a maravilhosa participação e já estamos planejando a segunda edição.

12               Everton Tomazi, Proprietário da Todeschini Santa Maria, recebeu as convidadas com uma seleção de vinhos!

12a234               Dra. Jana Zappe, Psicóloga da UFSM, foi a mediadora do bate-papo sobre a construção da autoestima, com os demais profissionais.

5Dr. Celso A. Souza, Cirurgião Plástico.

6Dra. Fernanda Sulzbach, Médica da Clinica Deo Medicina e Estética.

7Dr. Rodrigo Farcilli, Dentista  Especialista em Implantodontia e Reabilitação.

8Eliane Alves, maquiadora e cabelereira do Atelier Eliane Alves.

9Participantes atentas!

10Marlene Sager agradeceu aos profissionais!

11Estefânia Admas, Relações Públicas da Todeschini Santa Maria, foi responsável pelo protocolo!

13A noite foi decorada pela Empresa Kris Eventos, parceira do evento.

14A Pianista Enira Trindade, com seu talento, tornou o ambiente harmonioso!

15               Mariana Borges do Estúdio Arte Culinária preparou caldos, antepastos, pães e sobremesas deliciosas. Na foto Marlene Sager conferindo de perto as iguarias.

161717a181920                As Jovens Empresárias Carolina Moreira e Raquel Diniz, Proprietárias da Kakau House Store, também parceiras desse evento, apresentaram uma amostra da sua coleção outuno inverno 2017! Aline Bortoluzzi (ao centro) mostrou algumas peças, que encantaram as presentes.

24Após se seguiu um animado e descontraído bate-papo entre as participantes do evento!

21Luciana Zampieri.

22Leila Moura.

23Maristela Eckhardt.

25               Agradecemos as presenças e as doações de leite e feijão para o Centro Infantil Carolina. As Mulheres Donas de Si realizaram mais um evento solidário com o apoio das seguintes empresas e profissionais: Todeschini Santa Maria, Estúdio Arte Culinária, Atelier Eliane Alves, FG Gases – Comércio de Gases Industriais e Medicinais, Kakau House Store, Kris Eventos, Deo Estética e Saúde, Rodrigo Farcilli, Celso A. Souza, Jana Zappe, Enira Trindade e Michel Vieira Fotografia.

Fotos: Michel Vieira (contato: www.michelvieirafotografia.com.br).

 

Moda

Pensa Moda 2017 – Preview Tendências Outubro-Inverno 2018!

20170622_192643               Dia 22 de junho de 2017, no hall do Royal Plaza Shopping, aconteceu o Desfile de Moda do Pensa Moda 2017. A produção é dos alunos do 3º Semestre do Curso de Tecnologia em Design de Moda da UNIFRA. A temática escolhida esse ano foi a obra de Iberê Camargo, artista plástico de Restinga Seca. O evento trouxe as tendências de moda para o outuno-inverno 2018.

20170622_201845

As Mulheres Donas de Si estiveram prestigiando esse importante evento de moda!

20170622_192921

Entre os alunos que apresentaram suas produções, estavam nossos queridos amigos:

Henrique  de Souza Goulart e Daiane Rabelo.

20170622_200044A bela Aline Gonçalves apresentou a proposta de Daiane Rabelo.

20170622_202331

Liane Quintana, Ronize Lampert, Claudia Noal, Claudia Vieira e Nara Simome também estavam na ocasião.

20170622_193005As blogueiras Leniane Faião e Livia Faião atentas as tendências de moda.

20170622_193151Na platéia encontramos também Diossana Chaves com Liane Quintana.

20170622_20151220170622_20160720170622_192507

Aos alunos do Curso de Tecnologia em Design de Moda da UNIFRA nosso respeito e reconhecimento pelo belíssimo trabalho realizado! Pensa Moda é um sucesso!

 

Eventos

Mostra de Joias de Isabel Martins

1aMarlene Sager, Beth Saccol, Isabel Martins e Leila Moura.

            Dia 28 de junho de 2017, no Salão Plátano do Itaimbé Palace Hotel Beth Saccol apresentou a Coleção de Joias de Isabel Martins. A amostra teve peças em ouro 18k, prata e gemas variadas. Veja quem mais circulou por lá.

3Beth Saccol, Jaqueline Admas, Mary Brum, Ada Rocha, Isabel Martins e Estefânia Admas.

9a114Andréa Costa, Marlene Sager, Isabel Martins, Bete Saccol e Leila Moura.108

5aMarlene Sager, Beth Saccol, Beatriz Saldanha, Isabel Martins e Leila Moura672a

A organização do encontro ficou sob a responsabilidade das irmãs Jaqueline e Estefânia Admas.

Eventos

MULHERES DONAS DE SI MAIS UMA VEZ AVERMELHARAM O ATC DURANTE JANTAR DA FOFOCA!

20170629_201321               Dia 29 de junho de 2017 ocorreu no Avenida Tênis Clube o tradicional “Jantar da Fofoca”, promovida pela Casa da Amizade de Santa Maria, cuja temática desse ano foi: “Elas…Belas, Bregas e Chiques”. As Mulheres Donas de Si como sempre participaram, levando ao evento quarenta e sete integrantes. Um grupo delas realizaram uma coreografia com a música Maria Maria de Milton Nascimento e o bloco foi denominado “Belas Mulheres Donas de Si, gente que ri, quando deve chorar”.

13179382_1218828734803035_1950952366170862898_nA noite foi super animada ao som da Banda OLD BIKERS.

20170629_201417467891011121314151617251819202122232627Mais um Troféu Fofoquito para a coleção das Mulheres Donas de Si!

Obrigada amigas pela parceria!