Browsing Tag

do rs para o mundo

0320
Viagens

Uma roadtrip por Santa Catarina e Paraná.

Em tempos de dólar na estratosfera, o que encarece – e muito – as passagens aéreas, qualquer viagem de avião acaba custando mais do que o desejado. Mas para quem gosta de estar na estrada, viajar de carro também pode ser uma boa opção, em que pese o preço do combustível e as condições das estradas brasileiras.

Pensando nisso, montei uma roadtrip até Curitiba, porque queria visitar três lugares especialmente: São Francisco do Sul/SC e seu Museu Nacional do Mar, o Parque Estadual de Vila Velha, com suas formações de arenito e, também, queria fazer o passeio de trem entre Curitiba e Morretes (embora eu já conhecesse a Estrada da Graciosa). Foram 10 dias na estrada, em um passeio em família muito agradável (meus pais estavam conosco).

1

0822

Em São Francisco do Sul reservei um hotel no Centro Histórico com café da manhã (conheça ele aqui). Ficamos lá duas noites. A cidade nos surpreendeu positivamente, porque existem muitas atividades que podem ser realizadas além do Museu Nacional do Mar, que é bem interessante e vale a visita. O passeio de barco pela Baía da Babitonga, por exemplo, ficou para outra oportunidade. Em compensação, visitamos os três museus que a cidade possui (além do já mencionado Museu Nacional do Mar, o Museu Histórico da Cidade e o Museu Sacro), fizemos uma trilha no Parque Municipal, que tem uma vista linda da cidade e da Baía e caminhamos pelo parque da ribeira. As casas em estilo colonial açoriano complementam o visual.

1497

Em Curitiba, aluguei um apartamento muito bom e bem localizado, inclusive com garagem, para ficarmos durante uma semana. Aluguei pelo HomeAway. A negociação muito tranquila e segura. A economia foi enorme em comparação a um hotel para nós os cinco no mesmo período.

Além de visitarmos Curitiba, que te recebe de braços abertos e com atividades para todas as idades, num dos dias fomos até o Parque Estadual de Vila Velha, que estudei no colégio lá em Cacimbinhas, quando era criança. O Parque é muito bem organizado, com dois passeios diferentes: o das Furnas e o dos Arenitos. Você pode optar por fazer os dois ou apenas um deles. Fizemos os dois e, no segundo, as duas trilhas autoguiadas. Depois da visita, um bom café colonial em Witmarsun, já voltando para Curitiba.

1152

Mas o ponto alto foi, sem sobra de dúvidas, o passeio de trem entre Curitiba e Morretes. É preciso comprar a passagem na empresa credenciada, que fica na sede da rodoferroviária de Curitiba. Nós tivemos sorte, o tempo estava aberto e a vista da Serra do Mar é indescritível. O valor inclui a ida de trem (são umas 4h de viagem), o almoço em Morretes (prato típico da região, muito saboroso), um passeio em Antonina (para mim, muito mais bonita que Morretes) e a volta em um micro-ônibus ou van pela magnífica Estrada da Graciosa. O passeio dura o dia inteiro. A empresa oferece outras opções de passeio de trem, também.

0782

0601Em Curitiba, visitamos o Jardim Botânico, diversos parques, o Museu Oscar Niemeyer (MON), Museu Ferroviário, Rua das Flores, Feira do Largo da Ordem, o tradicional Bar do Alemão, o ônibus de turismo, fizemos passeios exclusivamente voltados para a Valentina, dentre outras atividades. Mas o mais legal é perceber como a cidade está preparada tanto para receber os pequenos viajantes como os adultos e deficientes. Vale muito a visita por lá.

Se você se interessou pelo roteiro, pode conferir mais dicas lá no blog http://dorsparaomundo.blogspot.com.br/search/label/Curitiba.

E se tiver mais uns dias livres, você pode conjugar com Beto Carrero World, com a Serra Catarinense (Urubici e Serra do Rio do Rastro ou a do Corvo Branco) e com águas termais (Gravatal e arredores). Desta forma, o roteiro fica bem completo e você volta para casa com muita história para contar.

Esta última parte, embora tivesse sido agregada ao nosso roteiro enquanto estávamos em Curitiba, não conseguimos executar desta vez. Nosso carro estragou no início da viagem de volta, precisou ficar na concessionária em Joinville e então decidimos voltar para casa. Pelo menos os danos foram no carro. Nós estamos aqui, todos prontos para outra aventura.

Até o próximo post!

 

andrea barros particular2

IMG_3707
Viagens

Piratini/RS

A dica deste mês farroupilha é a cidade de Piratini, situada na Serra do Sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, considerada a Primeira Capital Farroupilha.

Segundo o sítio Turismo Piratini,

A história do município de Piratini remonta a 1777, quando os primeiros militares portugueses instalaram-se às margens do rio Piratinim. Já em 1789 vieram 48 casais das ilhas dos Açores para, naquelas terras, residir e trabalhar. Entre 1819 e 1824 os prédios mais significativos foram construídos, incluindo solares e sobrados.

A tradição guerreira da cidade iniciou-se já em 1827, quando muitos habitantes da Freguesia tomaram parte na campanha da Cisplatina. Por ocasião da Revolução Farroupilha, em 8 de outubro de 1835, a vila foi ocupada pelos Farrapos. Devido à posição estratégica da cidade e à simpatia com que os habitantes receberam os guerreiros, Piratini foi escolhida como centro das operações.

Em menos de um ano, no dia 11 de setembro de 1836, é proclamada a República Rio-Grandense, sendo Bento Gonçalves da Silva eleito presidente, embora recolhido na prisão. Em 10 de novembro do mesmo ano Piratini foi eleita capital da novel República e em 1837 elevada à categoria de cidade. Nos anos que sucederam a população nunca abandonou os princípios republicanos, unindo-se aos combates pela causa.

Além de sua importância histórica, Piratini organizou um roteiro turístico muito interessante, que pode ser percorrido em aproximadamente 2h, incluindo aí a visita a dois museus: o Museu Histórico Farroupilha e o Museu Municipal Barbosa Lessa. Ler mais

Salto do Yucumã 06.05.12
Viagens

SALTO DO YUCUMÃ – DERRUBADAS/RS

Uma das propostas do blog Do RS para o Mundo é mostrar lugares no interior do Estado e que merecem, sim, uma visita. Alguns estão mais preparados para o turismo, outros nem tanto; mas, independentemente disso, vale a pena você ir até lá conferir.

Um desses lugares, para mim um dos mais bonitos que já visitei, é o Salto do Yucumã, que fica no interior do Parque Estadual do Turvo, no município de Derrubadas, região noroeste do Estado. Trata-se do maior salto longitudinal do mundo: são 1.800m de queda ao longo do Rio Uruguai, cuja profundidade alcança 90m, na divisa com a Argentina. Na verdade, as quedas se encontram no lado argentino, mas é do lado brasileiro que elas são vistas. Para quem está em El Soberbio, Argentina, há a possibilidade de fazer um passeio de barco pelo leito do rio para visualizá-las. Ler mais

buenos aires
Viagens

BUENOS AIRES DE ÔNIBUS, SIM!

Você viajaria de ônibus para Buenos Aires desde o Brasil? Ou melhor, desde a fronteira com o Brasil? Dificilmente a sua resposta será sim. Mas essa dica é quentíssima, pois em tempos de crise, economia é tudo. Ainda mais se essa economia vier acompanhada de conforto.

Os ônibus de linha de longa distância da Argentina deixam qualquer classe econômica de avião a ver navios. Ok, não costumo viajar de primeira classe e acho que nunca conseguirei essa façanha com regularidade (uma vez, na extinta Varig, eu viajei, mas foi pura casualidade), pois os preços cobrados, no meu entender, são abusivos.

Íamos para Buenos Aires para passar o Réveillon em um grupo de amigos. Éramos um grupo de dez pessoas e a ideia era conhecer os tais ônibus leitos de que nos haviam falado. Na época em que definimos a viagem, a passagem de avião custaria cerca de R$ 1.400,00 por pessoa e os tais ônibus, cerca de R$ 350,00 ida e volta por pessoa. O valor final, em razão do câmbio, foi de R$ 320,00. Uma amiga comprou as nossas passagens, mas em São Borja tem várias agências que prestam esse serviço. E pelo que vi, é possível se comprar via internet, mas não sei se daqui do Brasil dá. Ler mais

paris
Viagens

PARIS: ROTEIRO PARA 5 DIAS

Acredito eu que todo mundo que sonhe em viajar tenha como destino, talvez o primeiro, Paris, a Cidade-Luz. Pelo menos para mim, Paris significava o primeiro lugar fora do continente americano que meus pés precisavam pisar. E em 2010 para lá fomos nós, para ficarmos 6 dias.

Para essa viagem, eu programei tudo sozinha (foi a primeira viagem totalmente independente). E deu tudo tão certo que eu vi que era possível, sim, viajar por conta pelo mundo. E que a Europa está megapreparada para receber turistas.

Ler mais

Viagens

DO RS PARA O MUNDO

Chile

Olá! Você gosta de viajar? Qual o seu destino preferido? Como se organiza? Prefere grupos? Ou quem sabe curte uma aventura? Define todo o seu roteiro previamente? Ou gosta de dar chances às surpresas que uma viagem lhe proporciona?

Bem, não importa sua forma de viajar, o que importa é viajar, não é mesmo? E o blog Do RS para o Mundo vai estar por aqui, no Mulheres Donas de Si, sugerindo alguns destinos e atrações já visitados. E incentivando você a se jogar no mundo.

Ler mais