Browsing Tag

gaiger

abertura
Cultura, Moda

Semana Farroupilha

As Mulheres Donas de Si realizaram um ensaio fotográfico com pilchas da Casa do Gaúcho para marcar as Comemorações da Semana Farroupilha. Selecionamos dois textos de blogs para ilustrar essa publicação. Um deles falando do sentimento de ser gaúcho e o outro que trata, de forma descontraída, sobre as regras de um dos hábitos mais fortes da cultura gaúcha: o chimarrão!

4-5

 

Somos todos gaúchos
Que sentimento é este que nos move e que nos toma a todos no mês de setembro, independente de sermos tradicionalistas ou não? A cada setembro renasce esse espírito em cada gaúcho, homem, mulher, criança…
A chama crioula percorre todos os rincões de nosso estado e carrega este sentimento, refletindo vontades coletivas e individuais. Que poder é este, fascinante, envolvente, apaixonante, que nos faz trabalhar, abdicar de nossas vontades pessoais, profissionais, e até mesmo familiares, levando a uma dedicação que transcende nosso entendimento? É algo que nos une, fortalece, nos aponta um caminhar único, uma só direção. A cada mate, cevado e compartilhado, temos a oportunidade de refletir sobre nossa sociedade, nossas ações, o que realmente estamos contribuindo ou simplesmente ficamos a exigir, cobrar e não indicarmos novos rumos, novos caminhos, somente preocupados com interesses pessoais, de pequenos grupos. Por isso, a cada ano, setembro chega para revigorarmos estas posições, para refletirmos, para quem sabe recomeçarmos, para entendermos o motivo pelo qual festejamos o vinte de setembro.
Acima de festas, bailes, comemorações, devemos mergulhar em uma profunda reflexão de nossas posições, ações e comportamento. Este sentimento que invade a todos é algo diferenciado, que nos faz sermos um só. Talvez sejamos os centauros de outrora que defendiam com altivez, coragem, determinação e honradez seus ideais. Mas este sentimento é de pertencimento à nossa identidade regional, nossa cultura, nossas raízes, nossa formação, é algo que vem de geração em geração, é uma apropriação que devemos fazer de nossa história, mostrar quem somos, de onde viemos e para onde vamos, termos orgulho, fazermos valer e respeitar nossas posições. Acima de tudo, de qualquer evento criado, formatado, este algo que pertence a todos, o sentimento de sermos Gaúchos, os valores que lutamos para preservar, manter. Setembro permite mergulharmos com intensidade neste sentimento que é único, que é nosso, que é do Rio Grande, que nos inflama o peito, enche os olhos ao cantarmos o Hino Rio-Grandense com orgulho e altivez, porque ele nos identifica, diz quem somos, mostra nosso DNA. Estes momentos atuais, que vivenciamos, são construídos por todos, pela sociedade, por todas as classes, afinal este sentimento vem da alma, do coração de cada Gaúcho, é o nosso SER.
Dedico estas palavras deste nosso sentimento ao grande amigo, que neste momento, quando comecei a escrever, parte para a estância Grande, para onde um dia todos iremos, sem restrição, sem discriminações, que fez deste sentimento uma forma de vida e valorização de nossa cultura. Escrevo com o coração apertado e triste. Vá com Deus meu amigo, ex diretor campeiro da 1ª Região Tradicionalista, ex-patrão do DTG Lenço Colorado, Paulo Renato Bellarmino. O sentimento permanece em cada coração e atitude dos sul rio-grandenses.”
Nairo Callegaro (Presidente do MTG) / Sandra Veroneze (Assessoria de Imprensa MTG) /  Postado por Jair Marinho Kercher

via Blog Mundo do Gaúcho

6-7

“Erva-Mate

Apesar de simples e informal, a roda de chimarrão tem suas regras, verdadeiros mandamentos, que devem ser respeitados por todos. Se você é iniciante ou está redescobrindo o costume, observe esses pontos relacionados com boa dose de humor:

1 – NÃO PEÇAS AÇÚCAR NO MATE

O gaúcho aprende desde piazito porquê o chimarrão se chama também mate amargo ou, mais intimamente, amargo apenas. Mas se tu és de outros pagos, mesmo sabendo, poderá achar que é amargo demais e cometer o maior sacrilégio que alguém pode imaginar nesse pedaço do Brasil: pedir açúcar. Pode-se pôr água, ervas exóticas, cana, frutas, cocaína, feldspato, dollar, etc… mas jamais açúcar. O gaúcho pode ter todos os defeitos do mundo, mas não merece ouvir um pedido desses. Portanto, tchê, se a erva-mate te parece amarga demais, não hesites, pede uma coca-cola com canudinho. Tu vais te sentir bem melhor.

2 – NÃO DIGAS QUE O CHIMARRÃO É ANTI-HIGIÊNICO

Tu podes achar que é anti-higiênico pôr a boca onde todo mundo põe. Claro que é. Só que tu não tens o direito de proferir tamanha blasfêmia em se tratando de chimarrão. Repito: pede uma coca-cola de canudinho. O canudo é puro como a água de sanga (pode haver coliformes fecais e estafilococos dentro da garrafa, não nele).

3- NÃO DIGAS QUE O MATE ESTÁ QUENTE DEMAIS

Se todos estão chimarreando sem reclamar da temperatura da água, é porque ela é perfeitamente suportável por pessoas normais. Se tu não és uma pessoa normal, assume tuas frescuras (caso desejes te curar, recomendamos uma visita ao analista de Bagé). Se, porém, te julgas perfeitamente igual aos demais, faze o seguinte: vai para o Paraguai. Tu vai adorar a erva-mate de lá.

4 – NÃO DEIXES UM MATE PELA METADE

Apesar da grande semelhança que existe entre o chimarrão e o cachimbo da paz, há diferenças fundamentais. Como o cachimbo da paz, cada um dá uma tragada e passa-o adiante, já a erva-mate não. Tu deves tomar toda a água servida até ouvir o ronco da cuia vazia. A propósito, leia logo o mandamento abaixo.

5 – NÃO TE ENVERGONHES DO “RONCO” NO FIM DO MATE

Se, ao acabar o mate, sem querer fizer a bomba “roncar”, não te envergonhes. Está tudo bem, ninguém vai te julgar mal-educado. Esse negócio de chupar sem fazer barulho vale para a coca-cola com canudinho que tu podes até tomar com o dedinho levantado (fazendo pose de assumida).

6 – NÃO MEXAS NA BOMBA

A bomba de chimarrão pode muito bem entupir, seja por culpa dela mesma, da erva ou de quem preparou o mate. Se isso acontecer, tens todo o direito de reclamar. Mas por favor, não mexas na bomba. Fale com quem te passou o mate ou com quem lhe passou a cuia. Mas não mexas na bomba, não mexas na bomba e, sobretudo, não mexas na bomba.

7 – NÃO ALTERE A ORDEM EM QUE O MATE É SERVIDO

Roda de chimarrão funciona como cavalo de leiteiro. A cuia passa de mão em mão, sempre na mesma ordem. Para entrar na roda, qualquer hora serve, mas depois de entrar, espera sempre a tua vez e não queiras favorecer ninguém, mesmo que seja a mais prendada prenda do estado.

8 – NÃO CONDENES O DONO DA CASA POR TOMAR O PRIMEIRO MATE

Se tu julgas o dono da casa um grosso por preparar o chimarrão e tomar ele próprio o primeiro mate, saibas que o grosso és tu. O pior mate é o primeiro, e quem toma está te prestando um favor.

9 – NÃO DURMAS COM A CUIA NA MÃO

Tomar mate solito é um excelente meio de meditar sobre as coisas da vida. Tu mateias sem pressa, matutando… E às vezes te surpreendes até imaginando que a cuia não é cuia, mas o quente seio moreno daquela chinoca faceira que apareceu no baile do Gaudêncio… Agora, tomar chimarrão numa roda é muito diferente. Aí o fundamental não é meditar, mas sim integrar-se à roda. Numa roda de chimarrão, tu falas, discutes, ris, xingas, enfim, tu participas de uma comunidade em confraternização. Só que essa tua participação não pode ser levada ao extremo de te fazer esquecer a cuia que está na tua mão. Fala quanto quiseres mas não esqueças de tomar o teu mate que a moçada tá esperando.

10 – NÃO DIGAS QUE O CHIMARRÃO DÁ CÂNCER NA GARGANTA

Pode até dar. Mas não vai ser tu, que pela primeira vez pega na cuia, que irás dizer com ar de entendido, que a erva-mate é cancerígena. Se aceitaste o mate que te ofereceram, toma e esqueces o câncer. Se não der para esquecer, faz o seguinte: pede uma coca-cola com canudinho que ela etc… etc…”
Pércio de Moraes
via erva-mate.com

8 9

As pilchas, acessórios e chapéus usados pelas boqueiras e pelegos que fizeram parte da decoração foram cedidos pela Casa do Gaúcho (Rua do Acampamento, 285 Centro de Santa Maria).

As cuias e facas foram cedidas pela Lojas Gaiger Ótica, Joias e Relógios (Rua Doutor Bozano, 1293 e Rua do Acampamento, 352).

 

Isto é um publieditorial.

 

1 a Foto de Abertura
Cultura, Moda

Tradição e costumes: indumentária e artigos de caracterização dos gaúchos

1 foto de aberturaO hábito do chimarrão é antigo entre os gaúchos. É servido nas cidades e no campo; pode ser uma bebida de consumo doméstica, consumida individualmente, inclusive para relaxar ao final de uma jornada de trabalho, ou servida para receber as visitas. É comum no Rio Grande do Sul as pessoas se reunirem em praças e parques para tomarem seu chimarrão, especialmente nos final de tarde, finais de semana e feriados, tornando-se uma bebida comunitária.
234A cuia usada pela Leila Moura é de aranha com pé de prata e a cuia usada pela Marlene Sager é de coquinho, ambas tem o bocal em prata em detalhas em ouro. Bombas em prata com chupeta em ouro, sendo uma delas com detalhes em rubi.
5A bomba que se conhece hoje era feita de pedaço de taquara. Essas da foto são também em prata com bocal em ouro e também possuem o símbolo dos cursos superiores e é um excelente presente de formatura.
6 7Outra tradição do gaúcho é o churrasco! E muitos gostam de se apresentar com facas bonitas e de boa qualidade iguais a essas em prata com detalhes em ouro.
8E para a prenda e o gaúcho ficar com a pilcha ajeitada uma boa opção são as fivelas em prata e ouro tornando a indumentária rica nos detalhes.
9O cinturão de origem espanhola virou peça da indumentária gaúcha. Com esse enfeite de metal na parte frontal fica um acessório sofisticado.
10Você está servido?

As pilchas das modelos e o pelego branco utilizado nessa publicação foi uma gentileza da Loja Casa do Gaúcho (Rua do Acampamento, 285 Centro – Santa Maria).

Você encontra as peças desse post na Gaiger Ótica, Joias e Relógios.

Rua Doutor Bozano, 1293 (Calçadão).Telefones: (55) 3026-0022
Rua do Acampamento, 352 / Telefone: (55) 3028-9700

 

Isto é um publieditorial.

abertura02
Blog

Relógios como elementos de decoração

Os relógios utilizados como quadros e esculturas podem dar personalidade ao ambiente e definirem uma decoração. Na Gaiger Ótica, Joias e Relógios, você encontra o modelo que combina com a sua casa.

4 4a

Além de funcional, esse relógio despertador pode compor a decoração do quarto, da sala e da estante junto com os livros. Ele possui um toque polifônico, alarme com melodia musical, calendário em inglês, visualização em 12h ou 24h, snooze soneca. Além disso, é um relógio que também pode ser usado na parede.

5

No quarto de menina, o relógio em estilo decorativo com base em plástico pintado na cor menta e visor em acrílico, pode compor a decoração com outros quadros.

6

Na cabeceira o despertador digital HERWEG, estilo moderno, é funcional, com alarme sonoro, calendário em Inglês, snooze soneca e termômetro em duas escalas. Ele garante o despertar da criançada, mesmo em tempos de celular!

 

7 8

Incluir os relógios coloridos torna o ambiente descontraído. Você pode usar mais de um, porém, para não fazer muito barulho, deixe apenas um funcionando. Nesse escritório, no ambiente do cafezinho para receber os clientes, esse modelo com base em plástico pintado, visor em acrílico, ponteiro com massa luminosa e detalhes cromado, se destacou na decoração.

10

Você pode combinar o relógio pedestal, contemporâneo, ao lado da planta, que compõe com outros elementos da decoração em detalhes em prata.

11 12

Colocar um ou mais relógios na estante, ao lado de livros e outros objetos decorativos, pode deixar sua sala ou escritório diferentes e com estilo, dando personalidade ao ambiente.

14

Os relógios grandes e retrôs devem ficar em salas de estar e de jantar que seguem esse mesmo estilo ou, também, vale fazer uma mistura com estilo clean.

2 Abertura

Que tal uma coleção de relógios na parede com todos os fusos horários? Você e suas visitas podem saber as horas em Santa Maria, Nova Iorque, Tóquio etc…

 

Você pensa que encontra relógio cuco apenas em antiquários?? Existem modernos relógios nesse estilo e que ficam super bacana numa decoração moderna, pois acabam se tornando um elemento de destaque!

As fotos foram realizadas na Casa 10 Ambientes, na Rua Dr. Bozzano, nº 39!!

 

Gaiger Ótica, Joias e Relógios
Rua Doutor Bozano, 1293 (Calçadão) / Telefone: (55) 3026-0022
Rua do Acampamento, 352 / Telefone: (55) 3028-9700

 

Isto é um publieditorial.

Salvar

abertura
Bem-Estar, Dicas, Moda, Saúde

Nossos olhos (por Mario Gaiger)

Desde criança ouvimos que nossos olhos são os órgãos mais sensíveis do corpo humano. É uma obrigação valorizar este órgão, pois a visão é um dos principais meios de comunicação com o ambiente, uma vez que recebemos através dos olhos aproximadamente 80% das informações cotidianas. Assim, podemos considerar nossos olhos importantes para termos uma vida na sua plenitude.

Cabe aos pais e aos professores detectarem problemas oculares que possam estar afetando a visão das crianças, pois se forem tomadas as medidas necessárias evitaremos problemas maiores. Desde os três anos de idade as crianças devem merecer uma atenção especial, levando-a a um oftalmologista para fazer uma avaliação.

Com o passar do tempo ocorre também o envelhecimento do olho e aparecem as patologias, que só serão descobertas com exames detalhados e periódicos. Por isso, após os 40 anos é importante visitar um Oftalmologista a cada ano.

Normalmente nós só procuramos um oftalmologista quando estamos enxergando mal ou quando temos uma enfermidade pontual, isso é um erro, pois existem complicações que surgem em virtude de hábitos diários que podem ser evitados.

Além de visitar regularmente um especialista, também devemos investir em produtos de qualidade e boa procedência.

Completando 59 anos no mês de julho, a Gaiger atua no mercado óptico de Santa Maria sempre fazendo do profissionalismo uma prioridade.

Festa 59 anos Gaiger

Leila Moura, Claudia Gaiger, Andrea Gaiger e Marlene Sager

Festa 59 anos Gaiger

Festa 59 anos Gaiger

Na Gaiger você encontra lançamentos das principais marcas nacionais e internacionais em armações, lentes, ótica solar, joias e relógios. Além disso, possuímos um laboratório óptico próprio que conta com uma moderna tecnologia e um braço digital em Porto Alegre, proporcionando à empresa maior agilidade na confecção de lentes oftálmicas e um melhor atendimento aos clientes.

POLICE: Celebridades com personalidade, valor acessível, estilo marcante e uma história genial. Com esses ingredientes, misturados na dose exata, a marca de óculos POLICE conquistou “um lugar ao sol” do universo das grifes de luxo e foi responsável por contribuir para transformar os óculos em itens essenciais para compor um estilo e acessíveis ao público em geral.

POLICE: Celebridades com personalidade, valor acessível, estilo marcante e uma história genial. Com esses ingredientes, misturados na dose exata, a marca de óculos POLICE conquistou “um lugar ao sol” do universo das grifes de luxo e foi responsável por contribuir para transformar os óculos em itens essenciais para compor um estilo e acessíveis ao público em geral.

ANA HICKMANN: Sofisticação e exclusividade. Coleções que apresentam design contemporâneo, com cores exclusivas. Conhecida pela alta qualidade, a grife ANA HICKMANN dispõe de peças com detalhes feitos à mão, como aplicações de camurça e swarovski, além da tecnologia duo fashion, que permite ter dois óculos em um.

T-CHARGE:   Tecnologia e elegância. Criada para homens com estilo arrojado e esportivo, os óculos T-CHARGE são a combinação perfeita entre design, tecnologia de ponta e materiais de altíssima qualidade. Ao mesmo tempo clássicos e modernos.

T-CHARGE:
Tecnologia e elegância. Criada para homens com estilo arrojado e esportivo, os óculos T-CHARGE são a combinação perfeita entre design, tecnologia de ponta e materiais de altíssima qualidade. Ao mesmo tempo clássicos e modernos.

VICTOR HUGO:   A coleção traz modelos arrojados, com detalhes em couro e combinações de cores alinhadas às bolsas da grife. A cada dia a VICTOR HUGO busca ultrapassar as expectativas de seus clientes. Satisfazer cada cliente é prioridade. A marca é reconhecida em todo o Brasil como sinônimo de qualidade, beleza e estilo.

VICTOR HUGO:
A coleção traz modelos arrojados, com detalhes em couro e combinações de cores alinhadas às bolsas da grife. A cada dia a VICTOR HUGO busca ultrapassar as expectativas de seus clientes. Satisfazer cada cliente é prioridade. A marca é reconhecida em todo o Brasil como sinônimo de qualidade, beleza e estilo.

CAROLINA HERRERA: A marca CAROLINA HERRERA é frequentemente associada a itens clássicos e luxuosos. Seus produtos podem ser traduzidos em atemporalidade e elegância, e são extremamente marcantes e inesquecíveis, utilizados por pessoas chiques e modernas que buscam algo único.

CAROLINA HERRERA: A marca CAROLINA HERRERA é frequentemente associada a itens clássicos e luxuosos. Seus produtos podem ser traduzidos em atemporalidade e elegância, e são extremamente marcantes e inesquecíveis, utilizados por pessoas chiques e modernas que buscam algo único.

Hoje os óculos complementam nossa personalidade, são acessórios de moda. Invista em produtos de qualidade e com procedência comprovada. Na Gaiger tem!

Marlene Sager usa um Ana Hickmann AH 6249 em acetato e a Leila Moura um Coracci (marca exclusiva da Gaiger) MMBQ 1707.

Marlene Sager usa um Ana Hickmann AH 6249 em acetato e a Leila Moura um Coracci (marca exclusiva da Gaiger) MMBQ 1707.

Mario Gaiger

 

Gaiger Ótica, Joias e Relógios
Rua Doutor Bozano, 1293 (Calçadão) / Telefone: (55) 3026-0022
Rua do Acampamento, 352 / Telefone: (55) 3028-9700

 

Isto é um publieditorial.

abertura
Moda

Celebrem o Dia dos Namorados com estilo e romantismo!

Preparamos uma seleção especial de óculos, relógios e semijoias masculinas e femininas da Gaiger Ótica, Joias e Relógios!

Para ela, a prata esquecida nas últimas estações será forte tendência logo logo… vale apostar nela novamente e, principalmente, se acompanhada com pedras naturais. Para ele, acessórios em aço. Compõe o look do casal óculos de sol.

Modelos: Liéli Benites e Lucas Ramos / Fotógrafo: Lucas Henrique Linck / Local das fotos: Ateliê Kelly Ramos

O casal de namorados usa óculos da marca Atitude. Ela, um modelo espelhado com armação em acetato, detalhes em metal diferente na parte frontal e nas hastes. Ele, um modelo retangular com armação em metal azul.
Modelos: Liéli Benites e Lucas Ramos

2

Anéis em prata com pedras ametista e outro com pedra em madrepérola.

3

Colar em pedra ametista com fecho e detalhes em prata. Brincos e anéis compõe o look!

5

Ele usa corrente, pulseira e aliança em aço.

6

Ela usa relógio Technos com funcionamento à quartzo e revestido com nitrato de titanium.

7

O relógio dele é um Yankee Street, análogo, com vidro de cristal, pulseira em couro e encaixe de aço.

 

Para namoradas modernas e que gostam de uma boa produção, segue a sugestão de um conjunto de semijoias.

Modelo: Liéli Benites / Fotógrafo: Lucas Henrique Linck / Local das fotos: Ateliê Kelly Ramos

Anéis, brincos, pulseiras, colar em pérolas e cristais de quartzo, e colar de cítrico com fecho em prata.
Modelo: Liéli Benites

9

Apesar de serem tradicionais, as pérolas, nesse conjunto com o cristal, formam uma proposta contemporânea e superfeminina.

9a

Ela usa relógio dourado marca Technos, modelo boutique, folhado a ouro, com funcionamento à quartzo, também um presente inesquecível!

 

Outras sugestões de presentes são óculos, relógios e acessórios para namorados com personalidade e estilo!

Modelos: Liéli Benites e Lucas Ramos / Fotógrafo: Lucas Henrique Linck

Ele usa óculos em acetato preto, com acabamento fosco. Ela usa óculos com detalhes em material na parte frontal e nas hastes, dando ainda mais estilo para a peça. Além disso, as cores são fáceis de usar e combinam com todas as situações.
Modelos: Lucas Ramos e Liéli Benites

Modelos: Liéli Benites e Lucas Ramos / Fotógrafo: Lucas Henrique Linck / Local das fotos: Ateliê Kelly Ramos

Ele usa óculos estilo aviador em metal. Ela usa óculos com armação na cor casco de tartaruga, com ponte dupla em metal dourado e lente degradê.
Modelos: Lucas Ramos e Liéli Benites

11

Relógio Technos Legacy análogo-digital, com caixa folhada a ouro, pulseira emborrachada, prova d’água e com fuso horário.

12

Corrente masculina com pingente em aço e ouro.

 

Surpreenda nessa data com presentes requintados e acessíveis!

Modelos: Liéli Benites e Lucas Ramos / Fotógrafo: Lucas Henrique Linck / Local das fotos: Ateliê Kelly Ramos

Para as namoradas mais delicadas conjunto em prata com zircônia colorida e incolor. Para ele, um prendedor de gravata em prata, com detalhe em ouro.
Modelos: Liéli Benites e Lucas Ramos

14

Conjunto em prata com zircônia colorida e incolor.

15

Ele usa o Relógio Orient 3 estrelas, automático, todo em aço, com calendário duplo.

 

Gaiger Ótica, Joias e Relógios
Rua Doutor Bozano, 1293 (Calçadão) / Telefone: (55) 3026-0022
Rua do Acampamento, 352 / Telefone: (55) 3028-9700

 

Cabelo/maquiagem da modelo: Airton Cabeleireiros
Fotógrafo: Lucas Henrique Linck
Local das fotos: Ateliê Kelly Ramos

Isto é um publieditorial.

Moda

Toda mulher merece o encanto de uma joia no Dia das Mães

Desde a antiguidade, as joias estão presentes em nossas vidas e, além de desempenharem uma função como adorno, elas revelam a personalidade de quem as usa. A seguir, será apresentada uma coleção de peças que você encontra na Gaiger Ótica e Joalheria.

DSC_0061_editada

Gisele Bauer Mahmud e Liara Bauer Mahmud.

Surpreenda sua mãe com um conjunto de quartzitos inesquecível. Os colares podem acrescentar brilho ao look mais sóbrio, bem como dar um toque de glamour a um visual básico, além de enfatizar o pescoço feminino de jovens senhoras e de meninas moças.

Esmeraldita

A mãe usa: conjunto de colar e brincos em ouro amarelo com quartzito, uma pedra brasileira que adquire a cor de todas as pedras naturais.

Verde pequeno1

A filha usa: conjunto de colar e brincos em ouro amarelo com esmeraldas e anel com os mesmos materiais.

O relógio é uma das invenções mais antigas do homem, mas está sempre sendo modernizado. E apesar do uso do celular, para muitos é um acessório indispensável no mundo moderno. Perfeito para ser usado com anéis e brincos em ouro.

DSC_0097-editada

Liara Bauer Mahmud e Gisele Bauer Mahmud. A mãe usa: relógio Victor Hugo com pulseira em couro craquelado.
A filha usa: relógio Technos.

anel elos

A mãe usa: anel de elos de diamantes naturais e diamantes negros.

Conjunto de brincos e anel de ouro amarelo em coração.

A filha usa: conjunto de brincos e anel de ouro amarelo em coração.

Para deixar a produção ainda mais sofisticada, vale apostar em joias de ouro amarelo! Os conjuntos de brincos e colares, anéis e relógios em ouro tornam os looks modernos.

DSC_0036_editada

Gisele Bauer Mahmud e Liara Bauer Mahmud.

 

Conjunto diferente

A mãe usa: pingente e brincos em ouro amarelo com diamantes em formato geométrico. Colar regulado, podendo ser usado como rente ao pescoço ou longo próprio para os looks de inverno.

Anel giratório que pode ser usado de um lado em ouro amarelo e de outro em ouro branco.

A mãe usa: anel giratório que pode ser usado de um lado em ouro amarelo e de outro em ouro branco.

A filha usa: Delicado conjunto de brinco e pingente em ouro amarelo com diamante.

A filha usa: delicado conjunto de brincos e pingente em ouro amarelo com diamantes.

Apesar das joias serem uma tradição milenar, ela se renova com ousadia nesse colar de ouro branco, que fica mais próximo ao pescoço, uma forte tendência na estação. Look que se complementa com conjunto de brinco e anel com design super moderno.

DSC_0087_editada

Gisele Bauer Mahmud e Liara Bauer Mahmud.

A mãe usa: Conjunto de brinco e anel de ouro branco com pedra de cristal de quartzo com design moderno.

A mãe usa: conjunto de brincos e anel de ouro branco com pedra de cristal de quartzo fosco com design moderno.

A filha usa: Delicado conjunto de brinco e anel em ouro amarelo com diamante.

A filha usa: delicado conjunto de brincos e anel em ouro amarelo com diamantes.

A filha usa delicada corrente em ouro branco e ouro amarelo.

A filha usa: delicada corrente em ouro branco e ouro amarelo.

Gaiger Ótica, Joias e Relógios
Rua Doutor Bozano, 1293 (Calçadão) / Telefone: (55) 3026-0022
Rua do Acampamento, 352 / Telefone: (55) 3028-9700

Isto é um publieditorial.